segunda-feira, 12 de outubro de 2009

ideiando feriados


Que belo feriado!!! Durante quase toda a minha vida, feriado foi sinônimo de viajar, sair, ir para a praia, enfim, colocar meu bloco na rua. Até sinto falta disso, pois tive sempre belissimos momentos de saídas (principalmente no tempo do motorhome...), mas desta vez, casualmente sozinha em tempos de Dia da Criança, resolvi ficar quieta, em casa. E rendeu!!!!

Tudo aquilo que eu preciso fazer e que não tenho tempo no cotidiano, resolvi atacar nesses dias. É claro que enlouqueci, pois as frentes são muitas e diversas entre si. Mas comecei por uma parte, enquanto geminianamente outras trabalhavam sozinhas, por mim. Explico: enquanto eu selecionava os infindáveis vidros de perfumes que tenho, separando muitos que já não me trazem satisfação, a máquina de lavar roupas trabalhava lavando as roupas que eu trouxe da praia ao desfazer a casa de lá, a de lavar louças trabalhava me limpando a cozinha, a Sky berrava umas baladas maravilhosas do meu tempo, meus cachorros faziam a vez de guardas na porta da cozinha e o MSN me chamava a toda hora. Turbulento como gosto.
Mas preciso seguir em frente, minha meta é diminuir tudo, desapegar.
E escolhi esses trilhos para ilustrar o texto de hoje, pois eles tem uma direção, e a minha é, sem dúvida alguma, rumo à felicidade, à alegria, à liberdade.

2 comentários:

  1. Minha amiga querida!
    Ao ler seu texto, pareceu-me estar ao teu lado... sempre a mil! bj e embora já saiba do Atacama, te espero ainda quando visitares a grande S.Bárbara.

    ResponderExcluir
  2. Não é fafa é TATÁ!!!!!!!!!!!!! BJS

    ResponderExcluir