segunda-feira, 11 de janeiro de 2010

ideiando um texto maravilhoso!!!


SOU PARTE DA NATUREZA

TEXTO DE SELANA FOX
Sou parte da natureza... as rochas, os animais, as plantas, os elementos e as estrelas são meus parentes. Os humanos são meus irmãos e irmãs, seja qual for a sua raça, cor, gênero , orientação sexual, idade, nacionalidade, religião ou estilo de vida.
Sou parte da grande família da natureza, só isso. A terra é meu lugar. Tenho, como todos, meu papel e busco descobrir qual o meu objetivo, para fazer o melhor possível. Busco viver em harmonia com os demais integrantes da família da natureza, tratando-os com respeito.
Sou pagã. Honro as estações em minha vida diária: nascimento, crescimento, frutificação, colheita, final, descanso e renascimento. A vida é um círculo com muitos ciclos. Com cada fim vem um novo começo. Com a morte há uma promessa de renascimento. Vejo círculos de mudanças e renovação não somente na minha vida, senão também na minha sucessão. Vejo minha vida como um círculo que conecta com os círculos vitais dos meus antepassados, que assim são parte de mim.
A magia é parte da minha espiritualidade. Para cada problema existe, pelo menos, uma solução efetiva, assim como uma oportunidade de crescimento.
Eu crio minha própria realidade com meus pensamentos, sentimentos e ações. Tudo o que enviamos, regressa. Quero ter sempre presente o que diz a rede Wicca: “se não ferires a ninguém, faz o que queres”.
Quando faço rituais mágicos, antes de dirigir a energia, busco ter sempre uma imagem global, dentro da qual minhas necessidades são sòmente uma parte. Procuro trabalhar pelo bem de todos, como pelo meu próprio. Quando surgem problemas no meu caminho, busco entender sua causa e suas mensagens, como parte de minha busca por soluções. Num trabalho de cura, busco as causas de ordem espiritual da enfermidade, mais que aliviar seus sintomas.
Sim, sou pagã. Trabalho com a lua para ajudar a curar outros, a mim mesma e ao planeta. Ativo começos na Lua Crescente, energizo manifestações na Lua Cheia e limpo obstruções com a Lua Minguante e com as noites sem lua. Tomo parte em rituais de Lua Nova e Lua Cheia, e sei que meus círculos são parte de uma grande rede de círculos que se encontram, nesse momento, ao redor do mundo.
Abraço o Panteísmo, o reconhecimento de que o Divino está em tudo e em todas as partes. Honro a divindade que está nos carvalhos da floresta, nas ervas do jardim, nos pássaros silvestres que cantam nas árvores, nas rochas dos precipícios e nas colinas, em mim e também em “ coisas” como meu carro, meu computador, minha TV. Entendo que tudo que contém espírito, tem um corpo espiritual além do corpo físico.
O físico e o espírito estão íntimamente interconectados. Honro a interconexão entre o criador e a criação.
Minha prática espiritual inclui a auto aceitação e entendimento, em lugar de recriminação. Divido minhas idéias com os outros, quando sinto que é o correto, mas não faço proselitismo, pretendendo que o meu caminho seja o único caminho válido para todos. Há muitos caminhos que sobem a montanha do conhecimento espiritual, não existem “ caminhos únicos”.
Sou pagã. Viajo ao outro mundo em sonhos, meditações e rituais. Uso aquilo que me ajuda em trabalhos mágicos: cristais, velas, incenso, cálices, pentáculos, campainhas, pentes, varas, espelhos, athames, bolas de cristal, etc. Vôo com minha consciência pelo tempo e pelo espaço. Exploro outras dimensões e regresso com conhecimento e poder. Vou por entre os mundos atrás de cura, crescimento e transformação.
Sintonizo meu ser com os 4 elementos da natureza – terra, ar, fogo e água, e com o 5. elemento, que é o espírito, a força espiritual que conecta tudo. Vejo esses elementos na natureza: a terra nas rochas, o ar nos ventos e na atmosfera, o fogo no raio, nas chamas e na eletricidade, a água nos arroios, rios, lagoas, mares chuva, etc. Os elementos também estão no meu ser. Meu corpo físico é terra, meu intelecto e pensamento são ar, minha vontade e ação são fogo, minhas emoções e sentimentos são água e minha alma é o espírito. Devo procurar harmonizar esses elementos para me fazer saudável e em equilíbrio com o meio ambiente.
Ouço chorar a Mãe Terra, lamentando-se dos maus tratos dados pela humanidade à natureza. Estão contaminados 3 elementos: a terra, a água e o ar. E com o fogo estão jogando o diabólico jogo das armas nucleares e outras formas de destruição. Também me sinto parte da contaminação espiritual do planeta, egoísmo, ambição por dinheiro e poder, violência, desigualdade. Assim como percebo esses problemas, percebo também que balançando e equilibrando minha vida, posso começar um pouco a melhorar essa situação, que requer uma maior tomada de consciência coletiva. Sei que a minha atitude e a minha forma de vida podem fazer uma diferença. Eu gostaria de ser um canal de cura e equilíbrio. A responsabilidade pelo meio ambiental é um compromisso cotidiano. Quero viver em harmonia com minha família, a natureza.
Sou pagã. A espiritualidade natural é a minha religião e a base da minha vida. A natureza é meu Mestre e meu livro sagrado.
Sou parte da natureza e a natureza é parte de mim. Minha compreensão dos mistérios do cosmos aumenta nesse caminho espiritual.

Com a natureza, na natureza e pela natureza...., trato de ser feliz.

Um comentário:

  1. Horrivel...
    Porque não arrumam coisa melhor hem?!
    Idiotas

    ResponderExcluir